Google+
1

A Alfa Me Levou

Posted by Thais Roland on segunda-feira, dezembro 26, 2016 in , , , , , ,
Olá, queridos Coisos! Hoje o post é pra recomendar o canal do youtube de um amigo.

O Marcelo Paolillo é um cara fantástico, com uma coleção muito legal de Alfa Romeo 2300 (e alguns Fiats 147 e outras peculiaridades. hehehe) e acabou de criar um canal para contar suas experiências com as Alfas.

A ideia é muito legal! São vídeos bem pessoais de momentos que ele passou e que foram proporcionados por Alfa Romeos no mundo todo e com todo tipo de gente interessante! Achei sensacional porque a gente se sente com ele nos vídeos. Amei!

O canal se chama "A Alfa Me Levou" como o título deste post e está ainda aguardando assinantes suficientes para personalizar o endereço, então eu vou colocar aqui o vídeo que eu mais gostei até agora que vocês podem assistir e já tem, automaticamente, o link pro canal dele. :)


Além disso, foi com o Paolillo que dei minha primeira volta de Alfa Romeo! Fiz como ele e filmei pra guardar a experiência. Da mesma forma que ele, não quero guardar só pra mim, então também tá aqui pra vocês verem. :)


Beijokas e até a próximaaaa!

0

Estamos no Blog da Claudia Matarazzo!!!

Posted by Thais Roland on sábado, dezembro 17, 2016 in , , , ,
Sim! Você leu certo! Agora a Claudia me ensina a ser uma garota comportada e eu ensino ela a cuidar do carro! Inusitado, porém lindo!


Agora os leitores da Claudia Matarazzo podem ver minhas dicas quinzenais sobre cuidados com o carro e vocês, caros Coisos, podem acompanhar também e, de quebra, ler um monte de outras dicas interessantíssimas da própria Claudia.

Pra acessar o blog, é só clicar no link abaixo

Claudia Matarazzo Sem Frescura

E a minha primeira dica automotiva já foi publicada por lá também! É sobre o Estepe e vocês podem acessar clicando no link abaixo

Você lembra do seu Estepe?

Espero que gostem da nova parceria, porque eu estou adorando! :D

Até a próxima, queridones!

0

Salão do Automóvel 2016 - Carros Conceito

Posted by Thais Roland on sexta-feira, dezembro 09, 2016 in , , , , , ,
E pra fechar a sequência de vídeos do Salão do Automóvel 2016 e mostro um pouco dos carros conceito do evento, inclusive o meu preferido.


Espero que tenham gostado e na semana que vem eu volto com novidades um pouco mais técnicas. ;)

Beijokas!

0

Salão do Automóvel 2016 - Carros Antigos

Posted by Thais Roland on quarta-feira, dezembro 07, 2016 in , , , , , , ,
É muito legal ver a cultura do carro antigo crescer no Brasil. Aliás, é muito legal ver qualquer cultura crescer no Brasil, já que nosso histórico com a Cultura é tão ruim.

Desta vez o Salão do Automóvel homenageou suas raízes trazendo carros antigos para expor no evento.

Vejam aí que lindos que estavam!


Beijokas e até o próximo!

0

Salão do Automóvel 2016 - Carros Legais

Posted by Thais Roland on segunda-feira, dezembro 05, 2016 in , , , , , , , , , , ,
Demorou mais ficou pronto mais um vídeo do que rolou no Salão do Automóvel 2016 e que e encantou mais.

Espero que gostem!


Beijokas da Thais!

0

Matéria sobre pneus no Auto Esporte

Posted by Thais Roland on segunda-feira, novembro 28, 2016 in , , ,
Fui convidada a participar de uma matéria no Auto Esporte falando sobre pneus. Foi super legal! A experiência de fazer um test drive conduzido pelo Cesar Urnhani foi bem bacana e o bate papo com o pessoal da Michelin e os outros convidados foi divertidíssimo!

A matéria ficou bem legal e, como ficou longa, foi dividida em 4 partes. Aqui estão os links para todas elas.

Tecnologias dos pneus ajudam a frear em distâncias menores
Veja tecnologias que ajudam a economizar combustível
Confira dicas para frenagem na pista molhada
O que muda em um pneu de uso misto

Depois da gravação da matéria sobre pneus, pedi pro Cesar dar uma voltinha rápida comigo na pista porque nunca tinha andado com um piloto antes! Ele topou e levou todos os outros convidados junto. Foi muito legal! A gente filmou e agora vocês também vêem! :)


Muito legal esse tipo de matéria! Foi bem informativa e achei que acrescenta bastante pra quem quer cuidar melhor do carro, do bolso e do Planeta.

Espero que tenham curtido! Até a próxima!

0

Salão do Automóvel 2016 - Atividades

Posted by Thais Roland on sábado, novembro 26, 2016 in , , , , , , ,
Mais um videozinho pra vocês verem como foi o Salão do Automóvel deste ano. As atividades são sempre muito divertidas e uma das razões pra se visitar o Salão. Além disso, os test drives são sempre sensacionais e uma oportunidade única de ter algumas experiências com um carro que talvez a gente nunca tenha (por não ter grana ou vontade mesmo de comprar).


Espero que tenham gostado! Até a próxima! Beijokas!

0

Salão do Automóvel 2016 - Easter Eggs

Posted by Thais Roland on quinta-feira, novembro 24, 2016 in , , , ,
Algumas montadoras estão com novidades nos carros, coisas escondidas para o cliente encontrar. Eles não contam quais são, senão perde a graça, mas eu encontrei alguns no Jeep Compass e mostro pra vocês no vídeo.


Beijokas e até o próximo!

0

Webserie do Salão do Automóvel 2016

Posted by Thais Roland on terça-feira, novembro 22, 2016 in , , , ,
Sim... o assunto agora é só Salão do Automóvel. hahaha

Eu já agradeci todo o povo de lá por tudo o que fizeram por mim neste ano. A hashtag do Salão era #NadaSeraComoAntes e não foi mesmo! Pelo menos pra mim! :)

Eu coloquei um post falando sobre o Salão antes dele começar e vocês podem ler aqui, mas este post é pra mostrar os vídeos que eles fizeram comigo, com a Vanessa Kaipers e com o Eduardo Tomitão, que viraram meus amigos pro resto da vida depois de nos conhecermos pessoalmente no dia 12.

Vou colocar a série toda aqui pra vocês porque ficou simplesmente demais de legal! :D

E volto ainda essa semana com mais novidades, do Salão e de outras coisas também.







Beijokas!!!!

0

Salão do Automóvel 2016 - Mocapes

Posted by Thais Roland on terça-feira, novembro 22, 2016 in , , , , , , , ,
Outra coisa mega bacana que, às vezes, a gente só tem a oportunidade de ver no Salão do Automóvel são esquemas com o funcionamento dos carros. Motores funcionando em bancadas, carros em corte, todo tipo de recurso pra mostrar pra galera o que se passa nos cantos escondidos dos automóveis.

Separei alguns deles pra mostrar pra vocês. Achei que esse ano tinha bastante coisa desse tipo e foi muito divertido, mas nunca dá pra mostrar tudo aqui. hehehe.

Espero que gostem!


Até o próximo!

0

Salão do Automóvel 2016 - Carros Verdes

Posted by Thais Roland on sexta-feira, novembro 18, 2016 in , , , , , , ,
Iniciando meus posts sobre o Salão do Automóvel 2016 quero mostrar um pouco do que vi com relação às soluções amigáveis com o meio ambiente que as montadoras trouxeram nesta edição.

Foi um zilhão de fotos que ainda preciso organizar e vou postá-las em um álbum separado na página do Facebook do Coisa.

Mas, adiantando... já tem um vídeo pronto e no ar pra vocês verem o que rolou! Teve mais coisa, mas eu separei as que me chamaram mais a atenção, ok?

Espero que gostem. Super beijoka!



0

Por que eu gosto tanto de carburadores?

Posted by Thais Roland on terça-feira, novembro 15, 2016 in , , , , , , ,
Na semana passada apareceu um Dodge Polara enquanto eu estava fazendo a transmissão ao vivo do Autoshow Collection, na Noite Mopar, e o dono estava por perto. Pedi pra ele mostrar o motor do carro e ele estava com o carburador original, um SU. Comecei a comentar algumas coisas sobre o SU e prometi pro pessoal que faria um vídeo explicando melhor a diferença entre ele e os outros carburadores.

A ideia era manter a coisa simples... um videozinho pequeno, só pra mostrar o que mudava... Mas não dá pra falar de carburadores assim... acabei tendo que dar uma leve explicação de princípios básicos de funcionamento... aí me empolguei, falei de um monte de outras coisas e acabou que o vídeo ficou com quase 25 minutos. hahaha

Mas valeu a pena. Não é nem um décimo do que é importante falar sobre o assunto e é por isso que o curso de Carburadores da Ricardo Oppi Restaurações tem 24 horas! hahahaha, mas já dá pra ter uma ideia de como a coisa toda funciona.

O vídeo já está no Youtube e no Facebook, então deixa eu colocar ele aqui pra vocês também. :)


E vocês estão acompanhando o Salão do Automóvel comigo lá no Facebook, né? Estou fazendo uns vídeos e depois começo a editar eles e postar pra vocês. Vão ficar legais, mas, por enquanto, já to postando umas fotos pra vocês lá no Face.

Beijão, Coisos! Até a próxima!

0

Salão do Automóvel 2016

Posted by Thais Roland on segunda-feira, novembro 07, 2016 in , , , , , , ,
Muito bem!!!! Como um monte de gente já sabe, estamos perto de mais uma edição do Salão do Automóvel e esse ano #NadaSeraComoAntes !!!!! :D


Quem acompanha o Coisa sabe que esse maravilhoso blog, referência na imprensa automotiva, super lido por todas as celebridades do meio e salve salve aleluia, nasceu no Salão do Automóvel e, por isso, este evento é tão importante pra gente (eu e o brogui, que tipo, sou eu...), mas este ano tem ainda mais significado!

Este ano, num papo descontraído com o pessoal que administra a página do SdA no Facebook acabou saindo uma coisa maravilhosa! A galera se interessou pelo Coisa de Meninos Nada e por mim e vão levar a gente pra lá com toda pompa e glamour! :D


Primeiro me convidaram a participar de um vídeo contando minha história para o pessoal que acompanha as redes sociais do Salão. Eu super topei e os videos estão ficando fantásticos! Já saíram 3 e acho que ainda sai mais alguma coisa até o início do Salão. Duas outras pessoas (pelas quais já me apaixonei também) também participaram destes videos e eu estarei, junto com eles, no dia 12 lá no evento. :)

Dá pra ver todos os vídeos tanto no canal do Youtube do Salão quanto na página deles do Facebook. Vou deixar os links aqui pra vocês e colocar o vídeo principal que fizeram comigo. :)

O que o carro significa pra você? - O COMEÇO

Quer surpreender uma mulher com carros? Leve o seu para ela arrumar

Vamos falar de carro? Sim, mas também de amor


Pé no acelerador e coração já batendo no mesmo ritmo. O Salão do Automóvel 2016 está chegando!

Além disso, me convidaram também para ser Digital Influencer Partner junto com eles, junto com gente grande, como o PC Siqueira e isso me deixou mega orgulhosa!!!!! Por causa disso, eles me convidaram para a Avant Première do evento, que acontece no dia 9, a noite e já devo começar a atualizar vocês pela página do Facebook do Coisa (http://fb.com/coisabook). Não deixem de acompanhar!!!


Se não bastasse todo esse monte de coisas legais, a galera da Webmotors me convidou pra participar de uma das Lives deles no Salão! Por enquanto está agendado para o dia 10, às 19h. Qualquer alteração eu aviso vocês.

Também estou tentando ir nos dias 14 e 17, mas ainda preciso confirmar. Então, por enquanto, fica assim: Estarei lá:


  • dia 09 de novembro, às 20h
  • dia 10 de novembro, às 19h (com o pessoal da Webmotors, mas devo passar o dia)
  • dia 12 de novembro, sem horário marcado ainda, mas também devo passar o dia
Detalhes sobre o Salão do Automóvel 2016 vocês encontram no site deles http://salaodoautomovel.com.br ou na página deles no Facebook http://fb.com/salaodoautomovel . Não adianta perguntar pra mim, porque tudo o que eu sei é que vai acontecer de 10 a 20 de novembro e que eu estarei lá! hahaha

Beijos, Coisos!!!!!!!

0

8 anos de CMN!!!!!!

Posted by Thais Roland on segunda-feira, outubro 31, 2016 in ,
E hoje o blog completa 8 aninhos!!!! :D


Estou muito feliz por ele ainda estar vivo, crescendo forte e com saúde e me rendendo tantas alegrias!

Quero agradecer imensamente a todos os leitores, antigos e novos, que me acompanham já há tanto tempo e que, de pouquinho em pouquinho, vão me conhecendo melhor e participando de tudo o que acontece comigo. :)

Mil beijos, Coisos!
Thais Roland

0

Apelidos carinhosos… mais ou menos

Posted by Thais Roland on quarta-feira, outubro 26, 2016 in , , , , , , , , ,
Ao longo dos anos a indústria automotiva desenvolve uma imensidão de automóveis que são recepcionados pelos consumidores de maneiras muito diferentes e, às vezes, não tão carinhosas. O tema surgiu durante uma conversa com meu caro amigo Gabriel Marazzi e achamos bacana fazer um texto com alguns dos apelidinhos (fofos e não tão fofos) que os carros colecionaram no Brasil.

Para não esquecer de nenhum, vamos em ordem alfabética (na medida do possível).

Começando pelo Ford Modelo A, na versão Roadster que era chamado de Baratinha por lembrarem o inseto temido por tantas pessoas. Fico pensando se alguém com medo de baratas teria um destes carros. Não dá pra deixar de mencionar o “banco da sogra” que também era característica destes automóveis e que, até hoje, é motivo de piadas maldosas sobre a megera santa mãezinha da nossa cara-metade. Pra piorar este modelo tinha teto rígido, o que impossibilitava a comunicação com a mamãe, já que a manivela que baixava o pequeno vidro da vigia estava “sempre com problemas”.


O Simca Chambord veio com tudo quando de seu lançamento no Brasil. Carro bonito, mas que teimava em não funcionar direito acabou ganhando o apelido de Belo Antônio, personagem de um filme italiano de mesmo nome cuja beleza tirava o fôlego, mas a virilidade era discutível.


Já o Fusca caiu na graça do brasileiro e um dos apelidos carinhosos que adquiriu ao longo dos anos foi Besouro, em alusão ao seu nome no exterior (Beetle). Mais triste foi o modelo com teto solar que logo ganhou o apelido de Cornowagen e destruiu o sucesso do modelo! O mesmo aconteceu com o Karmann Ghia, que ganhou o apelido de Sonho de Puta e acabou com as vendas para mulheres, público que mais simpatizou com o modelo. Alguns dizem que o apelido Sonho de Puta também foi dado ao SPII, por causa da sigla, mas o mais famoso é para o KGhia mesmo. Um comercial da revenda Vimave, do glorioso Silvio Santos, em 1980, mostrava o comediante Ary Toledo tendo problemas com um Chevrolet 46 que todo mundo tinha que ajudar a empurrar quando passava um cara com um Fusca e repetia “Pois é”... desde então, “Pois é” serve para nomear qualquer carro que não funciona direito. (queria colocar o comercial aqui pra vocês verem, mas não encontrei em lugar nenhum!)

Ainda não dá pra parar de falar de Fusca, porque também tivemos duas versões de Fuscas com apelidos célebres! O primeiro foi o Fusca Fafá... bem... na verdade, o apelido era das lanternas traseiras... porque lembravam a Fafá de Belém... ou uma parte da Fafá... bem... vocês sabem... ahm... Então... e o outro foi o Fusca Itamar. Este ganhou o apelido porque foi o presidente Itamar Franco que o trouxe de volta à vida e caiu na graça dos brasileiros por causa do feito (e também por ter aparecido com a Lilian Ramos sem calcinha no Carnaval... bem...).

Boca de Sapo

Vejam a foto e me digam... parece a boca de um sapo?


Já o termo Calhambeque acabou servindo para qualquer carro velho em determinada época. A idéia era pejorativa, mas atualmente é comum ver pessoas se referindo à carros antigos como Calhambeques com um sentido mais nobre. Além disso, quem eternizou o termo foi Roberto Carlos, em sua música “O Calhambeque”, de 64, uma versão de “Road Hog” de John D. Loudermilk (muito mais legal do que a versão, by the way).


Outro termo que se usa (até hoje) para se referir pejorativamente a um automóvel é Chimbica. Este serve para referir-se à carros pequenos e de pouco valor.

Quando chegou ao Brasil, o DKW tinha as famosas portas suicidas. O que é uma porta suicida: elas abrem para trás, ao contrário das normais. Porque suicidas? Deve ter algo a ver com uma tentativa de suicídio, se jogando para fora com o carro em movimento. Vai tentar fazer isso com a porta abrindo ao contrario: será que dá para se matar? Em 1964 as portas dianteiras dos DKW passaram a ser “normais”. Por causa desta característica, ao descer do carro, as garotas usando saias deixavam aparecer mais do que lhes era conveniente na época (já que estamos falando dos anos 50, tratava-se, provavelmente, dos tornozelos das donzelas) e então ganhou o apelido de Deixa-vê. Imagino que muitos rapazes se empolgavam ao ver uma dama desembarcando de um DKW nos gloriosos anos 50 e 60.


Fordeco foi, durante muito tempo, um termo depreciativo para os pobres Ford Bigodes (as alavancas de comando do acelerador e do ponto, localizadas na coluna de direção lembram um bigode), mas quem acabou levando a pior fama foi o Prefect, já que era um carro de desempenho duvidoso.

Alguns Fords e Chevrolets dos anos 20, 30 e 40, com carrocerias fechadas e o teto de metal, ganharam o apelido de Guarda-Louça, assim como alguns veículos de transporte de pessoas, receberam o nome de Jardineiras, pela ausência de fechamentos laterais e pelos bancos de madeira.

O pobre do Dauphine, com seu fraco motor Ventoux, câmbio de três marchas e suspensão dianteira de bracinhos esqueléticos, recebeu o triste apelido de Leite Glória. Na época, o leite em pó da Ninho era difícil de ser dissolvido e a Glória lançou um produto desidratado que era tão fácil de diluir que usava o slogan “Desmancha sem bater”. Acho que dá pra imaginar o resto da história, né?

E a Marta Rocha? Vocês conhecem? Quem curte os carros antigos sabe que é uma Pickup Chevrolet 3100, mas Marta Rocha foi, na verdade, a primeira Miss Brasil! E não ganhou o concurso de Miss Universo porque tinha 2 polegadas a mais no quadril. Como a caminhonete tem exatamente 2 polegadas a mais na largura da caçamba......... ;)


A Kombi, além de ser chamada de Perua (que sempre teve seu lado pejorativo) também é carinhosamente chamada de Pão de Forma por assemelhar-se ao alimento. Com o surgimento das Kombis encurtadas, estas ganharam o apelido de Bisnaguinhas, naturalmente. E também não dá pra deixar de citar a Kombi Corujinha, que todo mundo tanto ama. Corujinha porque o desenho da frente lembra a carinha de uma coruja... Ounnnn.... Fofinha!

Olha eu com a Monica, a Corujinha mais linda do Brasil!

Temos também o famoso Rabo de Peixe, graças à traseira das Belairs e Cadillacs 57 que realmente lembram o rabo de um peixe... um peixe beeeeem grande!

O Renault 4cv ganhou o curioso apelido de Rabo Quente por causa do motorzinho nervoso na traseira.

E o Chevette Tubarão? Um carrinho pequenininho com um apelido tão invocado? Por que? Por causa da forma como o capo avança na frente do carro. Super! Super parece um tubarão! E é lindo!
A Pickup Ford F100 é carinhosamente chamada de Vampirinha, por causa da grade dianteira, que lembra dentinhos de vampiros. Fofo? Ou não fofo?


Duvido que a Volkswagem poderia prever o apelido que o povo daria ao seu modelo 1600. Alguns dizem que por causa do personagem da TV, interpretado por José Mojica Marins, outros que por causa da disposição das maçanetas e do desenho do carro, ficou conhecido como Zé do Caixão. Triste em ambos os casos. Pra piorar, na mesma época, Juca Chaves fez o maior sucesso com uma música que dizia “viúva é como alça de caixão, quando um larga outro vem e põe a mão”... ah.... as belezas do machismo...

A criatividade do brasileiro para piadas é impressionante! Até hoje nos surpreendemos com alguns termos inventados não só para o mundo automotivo. Poderíamos continuar a lista, mas alguns termos talvez não fossem bem aceitos então resolvemos parar por aqui. Hahaha

Esperamos que tenham gostado! Beijos aos Coisos e até a próxima!

0

Curiosidades sobre Motos Clássicas

Posted by Thais Roland on quarta-feira, setembro 28, 2016 in , , , , , , , , , , , , , , ,
Pois então... Fui convidada para apresentar o AutoShow Collection ao vivo, toda terça-feira. Nesta última terça (ontem) tivemos a noite das Motos Antigas e, por um problema de conexão de Internet, a transmissão ao vivo não foi possível.

Só que eu já tinha pesquisado um monte de coisas bacanas pra falar pra galera enquanto mostrasse as motos que estavam por lá, e se tem alguma coisa que eu não suporto é ficar com conhecimento só pra mim. :) Então, já que não foi pro ar na página do Facebook do AutoShow Collection, vai aqui pras páginas do Coisa! :D

A primeira coisa que não posso deixar de dizer é sobre o próprio evento! Eles estavam com a Harley-Davidson mais rara do Brasil (e igualmente rara em outros lugares, inclusive nos EUA) em exposição. E ela é fantástica!


Não sou aficcionada por motos, mas esta... vou dizer pra vocês... me fez suspirar! Ela é do ano de 1931 e, segundo o proprietário, está na família desde zero. Já passou por restauração duas vezes e é cobiçada pelo Museu da Harley-Davidson, cuja proposta o dono já recusou algumas vezes. Pelo jeito a moto vai morrer na família... e isso é sensacional!

O motivo de ela ser tão rara é que a HD fabricou pouquíssimas motos com o motor monocilíndrico neste ano. Hoje elas são raras em toda parte do mundo, ainda mais assim: restauradas e funcionando. Além disso, o detalhe do câmbio suicida é hipnotizante! Eu que não entendo muito de motos e jamais guiei uma, não consigo imaginar a dificuldade de ter que tirar a mão do guidão pra passar as marchas! De outro mundo!

Sobre a minha pequena pesquisa... bem... vamos por partes. :)

Gosto muito de filmes, então pesquisei sobre as motos mais famosas do cinema e encontrei... uma infinidade de Harleys! hahaha Dentre elas, a Hidra Glide de Marlon Brandon em "O Selvagem" de 1950, a famosíssima FLH de Peter Fonda em "Easy Rider" de 1969 que virou ícone por causa da bandeira dos EUA e a icônica Fat Boy do Schwazenegger em "Exterminador do Futuro 2" de 1991.

Sim! Eu tenho uma foto na moto do Exterminador! ❤️  E foda-se que não dá pra ver a moto! Sou eu em cima dela e é o que importa. hahaha
Aqui abrimos um parênteses para uma estória que li aí pelas Interwebs cujas fontes não são confiáveis, mas que não pode deixar de ser contada. Diz a lenda que a Harley-Davidson estava perdendo mercado para as motos japonesas no fim da década de 80 e, para reconquistar o mercado, lançaram a Fat Boy. Até aí, tuuuuuudo bem... a moto tinha um visual bacana e a suspensão traseira oculta para imitar as choppers hardtail dos anos 60 e 70, mas o lance todo gira em torno da escolha do nome. Contam por aí que o nome foi escolhido por causa das bombas nucleares lançadas contra Hiroshima (que foi batizada de Little Boy) e contra Nagasaki (batizada de Fat Man) na Segunda Guerra Mundial. Bróder... se isso é verdade, é muita, mas muita mancada mesmo! A Harley nega a história e segue a vida, mas o fato é que a Fat Boy realmente desbancou qualquer outra coisa que tivesse no mercado americano na época!

Falar da moto do Exterminador do Futuro sem falar de Guns N Roses pode ser normal para qualquer pessoa nesse mundo que não seja eu. Quem me conhece (nem que seja só por aqui) sabe que sou super fã de GNR então não dá pra deixar passar uma oportunidade de bajular. hahaha. Junto com a Fat Boy, Schwazenneger também eternizou "You Could Be Mine" neste filme.


Voltando às Harleys famosas... Também achei a FXR 89 do Mickey Rourke em "Harley-Davidson & Malboro Man" de 1991, a Super Glide 86 do Bruce Willis (ou melhor... do Zed, mas Zed is dead) em "Pulp Fiction" de 1994, a Chopper do Nicolas Cage (Johnny Blaze) em "Motoqueiro Fantasma" de 2007, mais recente, a Panhead Custom (lindíssima, por sinal) de John Teller em "Sons of Anarchy" e, apesar de não ser da minha época, a super marcante Harley de Carlos Miranda, o Vigilante Rodoviário, que fez tanto sucesso na TV Tupy que fez o ator realmente ingressar na carreira militar!


Mas o mundo de motos vai além das Harley-Davidsons! E vou deixar a cereja do bolo (na minha humilde e insignificante opinião) para o final. Vamos agora falar das Japonesas. :)

Em filmes não achei nada ultra interessante sobre as motos japonesas, salvo pela Kawasaki Ninja 900 do Maverick (interpretado por Tom Cruise) em "Top Gun" de 1986, mas o Brasil tem histórias bacanas com duas motos japonesas peculiares: a Honda CB 750 Four e a Yamaha RD 350.

A Honda CB 750 Four ficou super famosa pelo seu apelido: 7Galo. Não vou encher vocês de detalhes técnicos da moto porque não é o meu forte e nem a intenção deste post. O legal mesmo é contar a História e o apelido desta moto veio de uma coisa bem conhecida dos brasileiros, o jogo do bicho. No jogo do bicho, 50 é o número do Galo e, por isso, a moto ficou conhecida como 7 Galo (7 + 50). Bacana, né?


Já a RD 350 tem uma história mais sombria. Conhecida como Viuva Negra a moto ficou famosa por matar muita, mas muita gente mesmo. Por ter motor dois tempos tinha pouco torque em baixa rotação (e quase nenhum freio motor), mas vinha com palhetas de torque (preciso estudar mais sobre isso) para contornar o problema. No final das contas, era uma moto forte demais e contava com donos imprudentes o que, com sorte, só deixava o condutor pra trás, mas, em grande parte das vezes, a família tinha que encerrar o dia com um funeral. Oops...

Saindo das japonesas e indo para o Velho Continente, soube que Steve McQueen exigiu que uma moto inglesa fosse usada no papel de moto alemã no filme "Fugindo do Inferno", de 1963, porque achava que as alemãs não dariam conta do recado nas cenas do filme. Por causa disso, em vez de uma bela BMW, uma Triumph Trophy TR6 61 foi usada para se passar de moto alemã roubada pelo protagonista do filme. Bem curioso. Anos depois, em 2005, a Triumph lançou o modelo Bonneville T100 em homenagem ao filme na cor verde fosco.

Agora.... a minha super preferida durante toda a pesquisa foi a Indian Scout 1920 de Burt Munro!


Burt Munro nasceu na Nova Zelândia e passou a vida se dedicando às motos e à velocidade! Na minha pesquisa encontrei o filme "The World's Fastest Indian" ("Desafiando Limites", em português), de 2005, onde Anthony Hopkins interpreta o maluco do Sr. Burt em sua jornada para conquistar o record mundial de velocidade em motos de até 1000 cc. Burt bateu o record em 1967, no deserto de Bonneville marcando 295km/h (em 2014 o filho de Burt conseguiu que o record fosse retificado para 296km/h). Sério! Super vale a pena assistir o filme! Super vale!

Eu também tinha pesquisado coisas sobre motoclubes, mas depois da minha experiência no site do Abutres e de ter conhecido o pessoal do Hells Angels no Anhembi vou me abster de comentários para não criar inimizades.

E não posso terminar antes de agradecer imensamente ao meu grande amigo Gabriel Marazzi que, gentilmente, forneceu parte do material para que eu preparasse a apresentação do AutoShow Collection e que agora faz parte deste post. :)

Espero que tenham gostado, Coisos! Até a próxima! MUAK!

0

Bate-papo sobre a Mulher no Universo Masculino

Posted by Thais Roland on quarta-feira, setembro 14, 2016 in , , ,
E aí, Coisos? Como vocês estão?

Olha só! Quero convidar vocês pra virem aqui bater um papo e passar uma manhã agradável de domingo.

Pro povo que me segue no Blog e que eu não conheço pessoalmente, é a CHANCEEEE! ;)


Pra quem é de longe, vai rolar um ao vivo pela página do Coisa lá no Facebook, tá? fb.com/coisabook

Mas quem puder vir, apareça! Vai ser super legal! :D Só confirmem presença e me avisem quantas pessoas vão trazer com vocês, ok?

Beijokonas!

1

Fusca funcionando com vapor de combustível - NÃO!!!

Posted by Thais Roland on sábado, setembro 10, 2016 in , , , , , , , , ,
Ok... tanta gente me marcou nesse vídeo (e continua marcando) que me sinto na obrigação de comentar.


Nessa vida o importante não é dinheiro, não é ter coisas, não é rezar... o importante é ter informação! Só assim o "serumaninho" evolui. Este caso não é diferente!

Esse vídeo tomou proporções assustadoras! Enquanto eram só alunos meus me marcando nele pra sacanear tava tudo bem, mas quando gente que ainda não entende bem começa a me marcar pedindo informações de como fazer, é preocupante! Então vamos esclarecer...

O Fusca (ou qualquer outro carro que trabalhe com motores parecidos) tem uma refrigeração mista. O que significa que não dependem apenas do ar para manter a temperatura do motor. No caso do Fusca ele também usa o óleo para essa função - e é por isso que tem um radiador de óleo no motor - e o combustível! SIM! Ele usa combustível para diminuir a temperatura do motor!

Para quem nunca viu o motor de um Fusca pode ficar confuso. Para quem já viu e reparou nas aletas faz sentido o lance da refrigeração a ar, mas para quem conhece o motor do Fusca aberto e para pra analisar percebe que tem partes ali onde o ar nunca chega e seria impossível diminuir a temperatura. Nas partes móveis tem óleo passando e ele ajuda na tarefa de arrefecimento, mas o que fazer para diminuir a temperatura das câmaras de combustão?

Combustível! Usar uma mistura rica, ou seja, mais combustível do que o necessário para a queima, é que faz essa função. Quando injetamos mais combustível no cilindro, parte dele queima, como esperado e o excedente lava as paredes do cilindro para diminuir a temperatura da câmara. Simples assim.

Então.... voltando ao vídeo estúpido.... SE (e é um grande "se") o vídeo é real e o cara não está usando nenhum outro recurso pra jogar gasolina no sistema, o motor pode até funcionar, mas andar com o carro nessas condições fundiria o motor em pouquíssimo tempo. Levando em conta que a retífica de um motor não é nada barata e que está cada vez mais difícil achar peças e bons profissionais que trabalhem com esses motores, fundir o pobre do Fusquinha por falta de informação não parece ser algo "que vale a pena tentar pra ver se funciona mesmo".

Uma boa leitura em materiais relativos à refrigeração destes motores já teria resolvido a inquietação do povo, ou então, uma boa olhada nas regulagens do carburador do Fusca e uma breve análise da proporção da mistura também esclareceria o "mistério".

Ou então....... e agora aproveito pra fazer o merchan..... Fazer um curso com a gente! hahaha. Neste mês, por exemplo, teremos um Workshop exatamente sobre os Fuscas! Pra quem ainda tem dúvidas sobre este ou outro detalhe do modelo, é só vir perguntar pra gente! Simples, né? ;)


Pronto! Agora que tenho a resposta pra esse absurdo pronta, tudo o que tenho a fazer é copiar o link pra este post nos comentários na próxima vez que me marcarem no vídeo ou perguntarem sobre. hahaha

Beijos procêis, Coisos! Até a próxima!

0

Desabafando... e me defendendo ao mesmo tempo

Posted by Thais Roland on segunda-feira, agosto 29, 2016 in , , , ,
Fui acusada de traição pela segunda vez na minha vida. A primeira foi uma acusação vazia que terminou com o acusador se transformando em algum tipo de vidente (Não, não achei nada nas conversas, mas vi alguma coisa que ia acontecer!). É sempre engraçado lembrar disso... mas esse post é sobre a nova acusação. 

A primeira coisa interessante é que ela não veio de um namorado, mas sim de um empregador. Só isso eu acho que já valia algum tipo de prêmio pra mim! Duvido que tenha mais gente por aí cujo "patrão" tenha acusado de traição. Hahaha. Mas, pelo jeito, minha função nessa vida é inovar nos relacionamentos... todos eles. 

Só que dessa vez me peguei pensando a respeito... Será que foi isso mesmo? Será que fui injusta/infiel com a empresa? Devo ter gasto uns 10% da reserva da Cantareira analisando todo o relacionamento, desde o início até o término, durante um longo banho. 

Pensei no início, quando acreditei ter entrado num projeto bacana, com todo o potencial do mundo, mas com algumas rebarbas para aparar. Como todo início de relacionamento, estava empolgadíssima e determinada a fazer o mundo girar até pro outro lado se fosse preciso pra fazer aquilo tudo funcionar. 

Só pra explicar: eu tava dando aulas numa associação sem fins lucrativos. A ideia era preparar jovens carentes para o mercado de trabalho e como a associação não tinha incentivo nem do governo nem da iniciativa privada, o curso era pago por uma galera que tinha condições e o valor das mensalidades sustentava alguns alunos do projeto social em cada turma. (Coloco tudo isso no passado porque, no momento em que saí de lá, só via os cursos ficarem mais caros, mas não via a quantidade de alunos sociais aumentar… pelo contrário…)

Pois bem... quando entrei achei... peculiar... o fato de os alunos "carentes" chegarem na escola de carro e possuírem celulares melhores que os dos professores. Não percebia comprometimento deles com o curso ou com a associação e achei que podia ajudar a resolver aquilo. 

Trabalhei em um projeto parecido anos atrás que funcionava super bem. Ainda tenho contato com a pessoa responsável pela seleção dos alunos naquela época e então me ofereci para apresentá-lo à esta nova equipe para tentarmos melhorar a seleção da garotada. Recebi um sonoro "não se mete nisso" disfarçado de "ah, isso não adianta nada". Rãm... Achei estranho, mas fiquei quieta. Pensei: ah... tá certo, né? acabei de chegar e já to querendo meter o bedelho...

Deixei prá lá. 

Toquei o barco e comecei a fazer meu trabalho. Como tudo em que me envolvo, comecei a colocar tudo nos meus perfis das redes sociais. Montava minha aula e postava uma fotinha cheia de hashtags pra despertar o interesse da galera. Na minha cabeça, quanto mais alunos pagantes atraíssemos mais alunos sociais poderíamos ter em cada turma (ou meu valor de hora/aula poderia subir um tiquinho, né? Quem pode me condenar?) e funcionava. Sempre tinha bastante gente perguntando como fazia pra se inscrever no curso e talz. 

De repente: PAM! Levei uma bronca do dono da instituição por ter dito onde ela ficava. Ele não veio me falar. Mandou um recado dizendo que eu não podia divulgar onde a escola ficava. 

Rãm... Era pros alunos virem, mas eles não podiam saber para onde... Hummmmmm

Aqui sou obrigada a abrir um parênteses. É impressionante a quantidade de alunos que chegavam para o primeiro dia de aula e ficavam aliviados ao nos ver. Achavam que tinham sido vítimas de um golpe. Isso que ainda foram valentes e vieram! Hahaha. Fico imaginando quantos não acharam que era golpe e só deixaram prá lá. 

Prosseguindo... depois da patada do lance do endereço fiquei arisca, mas toquei o barco. 

Até que comecei a receber um monte de reclamações, tanto de alunos quanto de interessados no curso, dizendo que não conseguiam falar com a equipe da escola. Diziam que ninguém atendia o telefone e que os emails nunca eram respondidos. Respirei fundo e passei a reclamação para o dono da escola e ouvi: "isso é mentira"! Juro! Com essas exatas palavras. Ainda insisti que era estranho que tanta gente estivesse mentindo e que valia a pena dar uma monitorada na equipe de relacionamento pra ver se não tinha nada de errado. E então o dono me instruiu para que encaminhasse a próxima reclamação pra ele. Assim fiz. Quando outro aluno reclamou sobre a dificuldade em conversar com a escola encaminhei para o email do dono e.......... levei outro esporro! SIM! Mais uma vez, o dono me mandou um recado dizendo que eu o desrespeitei ao enviar um email diretamente para ele. 

Essa foi a conta. Aceitei que o dono da escola tinha um problema pessoal comigo e me limitei a continuar indo dar as minhas aulas da melhor forma possível e só! Nunca mais fiz nenhum tipo de divulgação e parei de tentar ajudar o pessoal a se comunicar com a escola (até porque quando eu ligava também não era atendida. Hahaha). 

Acho que esse foi o início do fim do relacionamento. Mas, ainda assim, não fui eu que terminei!

A associação começou a ter dificuldades em fechar turmas. No início eu dava aulas quase todas as noites da semana e aos sábados. De repente, dava umas 3 ou 4 aulas no mês, com sorte. 

Sempre fui de trabalhar muito e sempre tive mais de um emprego. Além disso, sempre que uma empresa deixava de usar meus serviços, eu partia pra outra... Principalmente quando trabalhava com consultoria. A vida era assim mesmo... Neste caso não era uma consultoria, mas eu também não era funcionária da empresa. Era apenas uma prestadora se serviços, então a lógica era a mesma: não tem serviço pra eu prestar aqui, vou prestar onde tem. 

E assim fiz. Os horários que me ficaram vagos pela falta de turmas na associação eu preenchi dando aulas em outro lugar. 

E foi aí que aconteceu!

Quando soube, estava sendo acusada de traição. "Ah! Ela traiu a gente e tá fazendo a mesma coisa que fazia aqui só que em outro lugar."

Rãm...

Eu sei lá... posso estar tentando só limpar minha própria barra ou posso ter uma ideia diferente de todo mundo de traição, mas juro que eu tava com a consciência extremamente tranquila até ouvir a acusação! Talvez principalmente porque não fui dar aula "em outro lugar", mas sim, dar aulas por conta própria! 

Como pode ser "traição" você ir buscar oportunidades que a empresa deixou de te dar?!?

Ou será que ele "previu" que eu iria para outro lugar, assim como o ex-namorado "previu" que eu ficaria com outro cara? Hahaha

Além de tudo, foi vacilo deles! Porque tudo o que eu to fazendo agora, inclusive as ações que partiram de ideias minhas, era pra estar acontecendo junto com eles, se eles não tivessem me tratado com tanta hostilidade! Então quem traiu quem? Eu traí eles ou eles se sabotaram sozinhos?

Muitos chamariam isso tudo de assédio moral, mas eu só deixei pra lá.

Sério! Tem que rir pra não chorar! Não bastasse os bailes do Amor, agora tenho que lidar com essas palhaçadas nos relacionamentos comerciais também? Hahaha

Por Freyia! Só acreditando em muitos deuses mesmo pra tolerar a vida. 

Se eu continuar o post vou ficar agressiva (ainda mais agora que to assistindo a série Vikings freneticamente) então é melhor encerrar e ir lá ler o post da CNV outra vez. 


Tudo o que eu queria era poder escrever um post bonitinho de novo por aqui, mas a vida não tá ajudando. Não tá!

0

Eu e Damião de volta às páginas das revistas!

Pois é... Eu e o Filho do Demônio voltamos às bancas com todo o garbo e elegância que merecemos. hahaha


Desta vez estamos na revista VIP! :D Edição 377 de Agosto de 2016. Corram pras bancas que ela já está disponível!!! Ou pode ler AQUI

Importante ressaltar que estou vestida na revista, ok? hahaha. Nada de ensaios sensuais, nem ajustes de ponto de motor vestindo calcinha e sutiã! Mais uma vez, o foco é meu trabalho e minha paixão pelo Damien e, claro, mais uma vez, ele saiu muito melhor na foto do que eu. :)

Essa matéria faz nossa listinha de aparições nazmidia um pouquinho maior e, se vocês tiverem curiosidade, o resto tá aqui embaixo.

Beijos, Coisos!


Revista Epoca 801 - Como achar o trabalho da sua vida (leia aqui)


Auto Esporte - Admite-se (assista aqui)


Quatro Rodas - Mulher de Fases (leia aqui)


Flatout - Graxa com Perfume - Ela é dona e faz manutenção de seu próprio Ford Maverick (leia aqui)


Flatout - Thais Roland resolve os problemas do cabeçote do seu Ford Maverick (leia aqui)


Programa Sob Nova Direção (assista aqui)


Overtaking is Fun - Roland, Thais (leia aqui)


Globo Reporter - Trabalho com Prazer (assista aqui)


Feliz por Escolha - TCC de um grupo de faculdade (assista aqui)

0

Workshop de Manutenção Preventiva para Mulheres

Posted by Thais Roland on quarta-feira, julho 20, 2016 in , , , , ,
Vamos faze mais um, povo! Agora vai rolar carro moderno também pra orientar a mulherada sobre como manter o possante em dia e não ter dor de cabeça mais tarde.

Como de costume, para maiores informações é só mandar um email pra ricardooppi@gmail.com e avisar as amigas. :D

Olha aí o videozinho de divulgação do evento! Beijokonas!



6

Mas você tem que odiar carros modernos!

Posted by Thais Roland on terça-feira, julho 05, 2016 in , ,
Ai ai... é cada coisa que leio/ouço nessa minha vidinha que, às vezes, paro pra pensar duas vezes se é mesmo "melhor ouvir do que ser surdo".

Essa semana postei o vídeo de um motor moderno da Ford no meu Facebook. Achei interessante algumas inovações, como colocar variação no comando de escape também, a solução que deram para a bomba de óleo, a forma como inseriram a turbina dentro do coletor de admissão... construção muito bacana do motor, as equipes de engenharia mandaram muito bem. Só fiquei com preguiça de escrever essas coisas no post então apenas compartilhei o vídeo. Enfim...

Aí uma pessoa, que nem faz parte do meu grupo de amigos, veio me dizer no inbox que eu não devia postar coisas de carros modernos nas minhas redes sociais. Que se eu gosto de carros antigos então é de carros antigos que eu tenho que falar e não dessas "porcarias modernas".

Bem, isso não é incomum... gente querendo dizer o que eu devo ou não fazer. Por isso gosto tanto dessa tirinha:


Mas, até aí, a gente sabe que as pessoas não têm noção mesmo, e como estou num dia bom, resolvi explicar que eu gosto de mecânica, então gosto de tudo que se refere ao assunto, antigo, moderno, de carro, de avião, do que for... e que o fato de eu ter uma predileção por carros antigos não quer dizer que eu não saiba apreciar coisas legais que o pessoal faz hoje em dia, por exemplo, por mais que eu goste de motores a combustão, é impossível, pra mim, não admirar o Tesla, o carro elétrico mais rápido do mundo! Expliquei ainda que o mesmo acontece com design e mesmo que eu ache que os carros atuais têm a mesma cara, estou sempre aberta à possibilidade de avistar na rua um carro novo com um desenho bacana. Tudo pode acontecer...

Mas a intolerância é uma coisa linda e a pessoa retrucou com os argumentos mais sem sentido do universo, como já era de se esperar e... ganhou um lugarzinho na minha super seleta lista de usuários bloqueados. hahaha

Mas é uma pena de qualquer forma. É uma pena ver gente querendo, a todo custo, impor suas opiniões (gente assim não evolui) e é uma pena ver que o povo gosta mesmo de um fanatismo nessa vida!

Pra sorte desse indivíduo, está bloqueado no meu Facebook e não vai mais me ver cometer estas heresias. hahaha. Enquanto eu, prossigo na minha jornada pelo conhecimento, tanto das coisas que foram desenvolvidas há 200 anos, quanto das que ainda serão pensadas. :) Acho legal desse jeito.

Beijokas procêis!

0

"Você mudou." "Ainda bem!"

Posted by Thais Roland on quarta-feira, junho 29, 2016 in , , , ,
Ah... a vida... essa pequena sacana... :)

Como voltei às atividades do blog, me pego xeretando nas estatísticas para ver como andam os acessos e, essa semana, vi um antigo post meu ressurgindo entre os mais acessados. Nem me lembrava mais do que se tratava e fui lá ler.

Pra minha surpresa, me decepcionei, e muito, comigo mesma. A pessoa que eu sou hoje não pode acreditar ser a mesma que escreveu aquele texto... Mas a parte boa... é que não é mesmo.

http://instagram.com/nanda.martins_

Intrigada, comecei a reler algumas coisas antigas minhas tanto aqui no Coisa de Meninos Nada quanto no Vadio Amor e cheguei à conclusão que eu me tornei uma pessoa muito melhor em pouco tempo. Até bem pouco eu era uma pessoa bizarramente machista e nem sabia disso! Não, não... eu sabia sim... me lembro que até falava que era machista como se isso fosse um tipo de mérito (Sou mulher e sou machista, então sou superior...). Af! Como temos fases ridículas nas nossas vidas!

Pra minha sorte, sou uma pessoa que ama mudar! Acredito na Ciência e, portanto, minha função na vida é evoluir. Não vejo outra forma de evoluir a não ser mudando. E olha... mudei muito! Muito mesmo ao longo dos anos. Sou uma pessoa completamente diferente de quem eu era há 5 ou 3 anos atrás e não espero parar. Me avalio e percebo que ainda tenho muito a evoluir, mas não basta saber que faço algo errado, precisa de muito trabalho para mudar alguma coisa, mesmo dentro de mim mesma. O importante é que estou disposta a mudar até o dia da minha morte, se isso vai fazer de mim uma pessoa melhor.

Por que essa determinação toda? Porque a cada mudança me sinto mais feliz, então significa que estou fazendo certo. :)

Até as pedras mudam, por que eu não mudaria?

O que este tema tem a ver com o blog? Sei lá... tem a ver comigo e eu sou o blog... então........

Beijos procêis

0

Somos um exército!

Posted by Thais Roland on domingo, junho 26, 2016 in , , , ,
Colecionei mais um punhado de Melhores Momentos da Vida neste sábado! <3 p="">
Depois de mais um Workshop de Mecânica para Mulheres (o terceiro já realizado pela Ricardo Oppi Restaurações) encerrei meu dia cansada mas com um sorriso que estava não só no meu rosto, mas também no meu coração! (awnnnnnnnn)

Garotas desmontando um motor no workshop

Desta vez tivemos um grupo de Graxarmosas que incluía 2 garotas de 16 anos e uma menina incrível de 13 anos que dá baile em muito marmanjo que se acha o máximo por saber explicar o que é um pistão!

Estes eventos me deixam cada vez mais feliz comigo mesma e com o mundo! É impressionante a curiosidade e disposição destas garotas em aprender uma coisa diferente e aprender direito, de verdade!

A ideia de fazer eventos apenas para mulheres não tem a intenção de separar nada nem ninguém, pelo contrário, tem o intuito de misturar todo mundo! Seria muita ingenuidade dizer que nosso mundo já está livre destas bobagens de preconceito, então sabemos que as meninas se sentem intimidadas em fazer certas perguntas sobre carros quando tem homens por perto. Fazer ações para informá-las e incluí-las neste mundo que está longe de ser Coisa de Meninos! Isso permite que elas se aproximem mais e mais dos automóveis se assim desejam e sintam-se cada vez mais à vontade para entrarem em conversas que antes não sentiam-se preparadas para entrar. E isso tudo é simplesmente LINDO!

Vocês podem ver as fotos de como foi o evento na página do Facebook da Ricardo Oppi Restaurações, no link abaixo:

Fotos do Workshop de Mecânica para Mulheres de Junho de 2016

mas o legal mesmo é participar! Sério! Vocês não fazem ideia de como é o clima nestes eventos!

Antes que alguém reclame... também fazemos este tipo de evento para homens, é só conversar com a gente pra organizarmos um mandando email pra ricardooppi@gmail.com :)

Beijokonas, gente linda! :D

0

Avanços do Damien, o MALverick

Posted by Thais Roland on quinta-feira, junho 23, 2016 in , , ,
E cá estamos com outro videozinho do estado da funilaria do Damião! :D


Muita coisa já avançou e estamos agora na fase de produzir peças que substituirão partes podres no MadMax!

Este aqui é o último vídeo


mas se vocês não acompanharam os outros, tem uma playlist no canal com todos os vídeos relacionados à restauração dele.


Aproveitando........... também tem uma playlist com os vídeos do Programa Desenferrujando que fazemos para a Ricardo Oppi Restauração.


E outra com os antigos vídeos do Deixa que eu Faço, que foi descontinuado, mas ainda está no ar com o material original. :)



Beijocasssssss

2

Carro é cultura?

Posted by Thais Roland on quinta-feira, junho 16, 2016 in , , , , , ,
No último Encontro Brasileiro de Autos Antigos eu ministrei um workshop para as mulheres inscritas no evento. Por causa desta ação estive em bastante contato com os organizadores do encontro e uma das conversas envolveu a famigerada Lei Rouanet. Os organizadores do evento entraram com um pedido para fazer uso da tal lei para financiar parte do encontro e receberam um sonoro NÃO com o argumento de que “carro antigo não é cultura”.

Só no nosso país de cabeça pequena mesmo para achar que carro antigo não é cultura. Aprendi mais sobre História indo à encontros de carros antigos e conversando com antigomobilistas do que em qualquer aula de História com aqueles malditos padres da Escola Paroquial Virgem do Pilar.

Enquanto nossos governantes (junto com algumas pessoas igualmente sem cultura) acha que carro antigo é brincadeira de ricaço, o resto do mundo percebe a importância da preservação de veículos antigos bem como o de qualquer outra coisa que possa contar parte de nossa História.

Prova disso veio com o último encontro de Villa D’Este, onde a UNESCO, junto com a FIVA, reconheceu um automóvel como Patrimônio Cultural da Humanidade.

Pela forma como o carro foi apresentado, metade restaurado e metade mantido como testemunho de época, recebeu um certificado da UNESCO e se tornou o primeiro automóvel a fazer parte do Patrimônio Cultural da Humanidade.

Alfa Romeo Giulietta SZ coupé Zagato 1961 no evento de Villa D'Este

Poderia ser qualquer carro, mas escolheram uma Alfa Romeo... por que será? ;)

Mas a treta não para por aí! Pra completar a nossa total falta de seriedade com relação ao assunto, tive que ouvir, de um dos avaliadores do EBAA, que o Fiat-NSU 1200 Cupê que levamos para o evento “merecia um tratinho”. Questionado se sabia de que carro se tratava o avaliador, que já tinha cagado estragado, sentou em cima mandando um “Claro que sei. É uma Fiatzinha Pininfarina.”... uma “Fiatzinha Pininfarina”... desculpem pelo palavreado mas, zinha só a cultura dele mesmo!


O que fazer nessa hora? O que, Santa Biela? O que? Eu, esquentada como sou, queria dar uma voadora no peito do sujeito, mas o patrão não deixou, puxou minha coleira e só disse para o ilustre senhor que o carro é um testemunho de época e que assim permaneceria até que tivéssemos condições de restaurá-lo, afinal de contas, não dá pra restaurar um carro que é o único que temos deste lado do oceano atlântico (temos notícia de apenas mais um na Áustria) e que não possui material (manuais, fotos, catálogos) que nos permita ter certeza do que estamos fazendo.

Ainda assim, a pessoa insistiu em dizer que testemunhos de época são um meio de ver o carro antigo, mas que a cultura americana preza pelas restaurações. De onde ele tirou isso eu realmente não sei dizer... no final das contas, a conclusão que consegui tirar foi que ele premiou o carro mais brilhante do evento e só.

Deprimente ver esse tipo de coisa acontecendo. Chegamos à conclusão de que não inscreveremos mais carros nos eventos para serem avaliados. Continuaremos levando porque queremos que as pessoas conheçam as coisas que temos no Brasil mas, no próximo evento, levaremos o carro com um banner dizendo do que se trata para informar ao público e o carro não participará da avaliação tendo em vista que os juízes não conhecem os carros que estão avaliando.

Enfim... coisas que acontecem... a gente aprende e não erra novamente. Com relação à falta de cultura geral e insistência do nosso governo em deixar-nos cada vez mais burros... aparentemente, o jeito é ir embora mesmo, porque não se vê luz no fim do túnel além da do trem vindo em nossa direção.

Volto mais calma no próximo post, meninada! Prometo. Hahaha. Beijokas!

0

Alfa Cult me ensinando História

Posted by Thais Roland on sexta-feira, junho 03, 2016 in , , , , , , , ,
Uma das coisas mais legais no mundo do Antigomobilismo é fazer amigos! É impressionante a quantidade de pessoas legais que a gente conhece quando se envolve neste mundo! Mas acho que é assim com qualquer coisa que a gente goste de verdade, né?

Outra coisa muito, mas muito legal mesmo que vem junto com os carros antigos e a História. Calma! Não precisam ter espasmos lembrando da professora carrasco da quinta série, que te fazia copiar páginas e mais páginas daquele maldito livro que você não via a hora de queimar!

Eu sempre odiei História na escola. Sempre! Hoje eu sei que minha raiva era por um motivo muito simples: estavam me ensinando do jeito errado.

Estou desviando do assunto? Não! No último Brazil Classics Show, em Araxá, o pessoal do Clube do Alfa Romeo fez uma palestra para apresentar o novo logo e identidade visual do clube Alfa Cult, mas a palestra foi muito além disso.

Palestra do Alfa Cult no Brazil Classics Show

Dei sorte de ser uma das primeiras pessoas a assistir, então eles estavam aproveitando para ajustar algumas coisas na apresentação e contaram com a ajuda dos membros do clube e outros alfistas.

Foi demais de legal ver a galera conversando sobre a história da marca que, em quase todo o processo, envolve a boa e velha História conhecida e odiada por mim outrora. Mas deste jeito... deste jeito fica mágica! Falar sobre fatos históricos enquanto os relaciona com um assunto que te interessa faz toda a diferença!

Vou tentar arrancar deles a apresentação pra mostrar pra vocês e vocês vão entender o que eu quero dizer!

Até lá, sugiro que vocês matem seus fantasmas com História redescobrindo a matéria com algo que curtem, como eu estou fazendo. É mega legal e resolve um dos maiores problemas que nosso pobre país tem desde seu “descobrimento”: falta de cultura.

Beijokas!

0

Nova fase de vídeos

Posted by Thais Roland on sexta-feira, junho 03, 2016 in , , , , ,
Para os que preferem me ouvir ao invés de me ler estou numa nova fase de vídeos.


São dois canais no Youtube onde vocês podem acompanhar meus trabalhos:

- o meu canal pessoal, Thais Roland, neste link aqui, que continua ativo e agora eu posto muito conteúdo envolvendo a restauração do Damien, além de alguns eventos promovidos pela oficina;

- o canal da oficina, Ricardo Oppi Restaurações, neste link aqui, onde colocamos vídeos técnicos ou relacionados à história dos carros com os quais lidamos no nosso dia a dia de oficina.

Algumas vezes é difícil manter a freqüência dos vídeos assim como é difícil manter a freqüência dos posts por aqui, mas a gente tenta, né?!? Hahaha

Se inscrevam nos canais e ajudem a promovê-los compartilhando com os amigos, faizfavô! Toda ajuda é bem vinda.

Lembrando que também dá pra acompanhar os vídeos curtindo a fanpage da oficina no Facebook neste link aqui ou seguindo meu perfil, também no Facebook, neste link aqui.

Beijo procêis!

0

Mais um Workshop à vista!

Posted by Thais Roland on sexta-feira, junho 03, 2016 in , , , , , , ,
Que jeito mais perfeito para eu retomar as atividades do blog! (prometo que vou tentar manter a freqüência dos posts agora hahaha)

Garotas no primeiro Workshop
Este já é o terceiro workshop de mecânica para mulheres que a Ricardo Oppi Restaurações está promovendo. O primeiro foi o do post anterior, que você pode ler aqui e o segundo foi realizado no 3o Encontro Brasileiro de Autos Antigos, em Águas de Lindóia, que saiu até aqui no Portal Maxicar. Todos muito bem sucedidos!

Mais uma vez, reuniremos garotas (de todas as idades) que estão afim de aprender melhor sobre carros. O foco é carro antigo, como não podia deixar de ser, mas como a intenção é informar o máximo que conseguimos, expandimos as discussões e fazemos paralelos com carros “mudernos” também.

Os detalhes estão aqui no vídeo e depois eu volto pra contar como foi!


Beijocas, seus lindos!

Copyright © 2009 Coisa de Meninos Nada All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.