Google+
0

Mais mulheres conquistando espaços

Posted by Thais Roland on quarta-feira, março 22, 2017 in , , , , ,
Fui convidada pela AutoZone para fazer um Workshop de Manutenção Preventiva para as mulheres da rede.

A AutoZone é uma autopeça americana no mais puro espírito do "Faça você mesmo" e chegou ao Brasil há alguns anos. Agora, com 9 lojas e planos para muitas outras, já oferecem um serviço de tanta qualidade que os clientes recomendam.


Com uma campanha mundial de valorização da mulher estão inserindo as garotas no mercado com muito respeito e empenho. Foi interessantíssimo conversar com algumas das meninas durante o almoço sobre as experiências delas, dificuldades e perceber que nada abala essa mulherada!

Passamos algumas horas desmistificando as partes dos automóveis e entendendo o que elas vendem para os clientes. Tenho certeza que agora a ajuda que essas garotas vão oferecer aos clientes da AutoZone será muito mais eficiente e gratificante para elas mesmas.


Um grupo super envolvido e interessado! Foi uma experiência ímpar e espero que aconteça muitas outras vezes!

Meus agradecimentos à AutoZone pela oportunidade de passar meu conhecimento para essas garotas incríveis e por ter me conseguido um assistente de palco tão bacana como o Rui (Valew, Rui!).


Para ver um pouquinho do que rolou no workshop visitem o álbum de fotos no Facebook do CMN no link abaixo.

Workshop de Manutenção Preventiva na AutoZone

Para contratar workshops, palestras e cursos meu contato é thaisfr@gmail.com e se você quer participar de um destes eventos me segue lá no Facebook que eu sempre divulgo as coisas por lá, inclusive, o próximo é no dia 2 de abril, com realização da Ricardo Oppi Restaurações. Tá aí a divulgação e, para mais detalhes, o email é ricardooppi@gmail.com


Beijos, Coisos!

0

E no Dia Internacional da Mulher........

Posted by Thais Roland on quarta-feira, março 08, 2017 in , , , , , ,
Nascer mulher não quer dizer nada. Não é uma opção e não deve ser tratado como algo especial.

Fazer sua vida ser exatamente o que você quer que ela seja. Isso sim te transforma em uma pessoa especial!

Aqui, eu e estas 6 mulheres maravilhosas, fazemos isso! E, bróder, se a gente consegue é porque TODO MUNDO consegue! A gente quis e a gente fez acontecer! Você também pode... não... você também DEVE! :D

Parabenize todas as mulheres que puder hoje, mas não apenas por serem mulheres. Parabenize por aqui que você mais admira nelas e diga isso a elas. E a todo mundo que você conhece... e que não conhece também!

Espalhe energia positiva!

Nos conheça, nos apresente para seus amigos, amigas e familiares e venha fazer um mundo melhor com a gente!


Beijokas, seus Coisos lindos! <3 p="">

2

Damien e eu na telinha outra vez!

Posted by Thais Roland on quarta-feira, fevereiro 22, 2017 in , , , , , , , , , , ,
Eu sou muito feliz no meu trabalho, mas tem algumas coisas que me fazem perceber que estou fazendo alguma coisa realmente certa e sentir orgulho de mim mesma. Uma delas é ser convidada para participar de matérias. E não é por “aparecer na televisão”. É por ter a oportunidade de alcançar muita gente com o intuito de orientar, esclarecer, ajudar e essa coisa toda com as quais eu sou super comprometida.


Desta vez foi o programa “É de Casa” da Rede Globo, que me convidou para dar algumas dicas para os telespectadores e foi muito legal, apesar do tempo curto e de eu ter ficado super nervosa por estar na TV ao vivo. Hahaha

Fiquei bem feliz por poder passar alguma informação que pode ajudar as pessoas e também fiquei muito contente em ver o Damião aparecendo na TV juntinho comigo. :)


Vocês podem assistir o programa neste link AQUI.

E já aproveito para deixar a listinha das principais matérias anteriores que tive o prazer de participar. Não esqueçam que também saem dicas minhas a cada quinze dias no blog da Claudia Matarazzo neste link AQUI.

Beijokas, Coisos! Até a próxima!

Matérias Anteriores



Revista Epoca 801 - Como achar o trabalho da sua vida (leia aqui)


Auto Esporte - Admite-se (assista aqui)


Quatro Rodas - Mulher de Fases (leia aqui)


Flatout - Graxa com Perfume - Ela é dona e faz manutenção de seu próprio Ford Maverick (leia aqui)


Flatout - Thais Roland resolve os problemas do cabeçote do seu Ford Maverick (leia aqui)


Programa Sob Nova Direção (assista aqui)


Overtaking is Fun - Roland, Thais (leia aqui)


Globo Reporter - Trabalho com Prazer (assista aqui)


Feliz por Escolha - TCC de um grupo de faculdade (assista aqui)


Matéria sobre Pneus no Auto Esporte


Websérie do Salão do Automóvel 2016 (playlist com todos os vídeos)


A Mona Lisa da Oficina - Revista VIP nº 377



1

Alquimistas de Youtube

Posted by Thais Roland on terça-feira, fevereiro 14, 2017 in , , , , , ,
A gente tem que tomar muito cuidado com o que vê na Internet, por mais sentido que pareça fazer. O fato de termos tanta informação disponível não significa que podemos deixar de pesquisar, olhar outras opiniões e procurar fontes seguras para determinados assuntos.


Ultimamente houve uma explosão de vídeos no Youtube com gente ensinando a separar o álcool (etanol) da gasolina para poder usar gasolina “pura” no carro/moto. Tudo por causa do aumento da porcentagem de álcool na nossa gasolina.

Bem... eu tenho que dizer que quando ouvi a idéia pela primeira vez, parei pra pensar. Nunca fui boa em química e então fui atrás de gente que entende melhor do lance do que eu.

Preparei um email e enviei para a Petrobrás, para a Shell e para o Ipiranga. Também conversei com gente da área do petróleo e com engenheiros automotivos, além de algumas pessoas da indústria automotiva, das áreas de projetos e testes.

E a conclusão? NÃO FAÇA!

A gasolina que chega pra gente nos postos de combustível é coisa muito séria! Existe muita coisa envolvida, muita tecnologia, muitos detalhes e fazer essa separação de fundo de quintal resulta numa “coisa imprevisível”.

Em todas as conversar que tive com os especialistas, o ponto mais crítico em que chegamos foi o fato de que a gasolina resultante deste processo é de baixíssima octanagem, suficiente para causar um bocado de danos nos motores, especialmente os modernos, que têm taxas de compressão cada vez mais altas e não, o módulo de injeção eletrônica não consegue corrigir isso.

A gente pode reclamar o quanto quiser da nossa gasolina. O fato é que temos que nos adaptar a ela da forma mais coerente possível e com muita, mas muita informação mesmo.

Nos carros antigos, que estavam preparados para gasolina sem etanol (mas com chumbo... afinal a gasolina nunca foi tão purinha assim) a gente tem que ajustar taxas de compressão, calibragens de carburadores e mais um montão de coisas para que eles fiquem adequados ao novo combustível, mas nos carros modernos a gasolina atual é “esperada” por eles e eles sabem como lidar, não temos que inventar moda.

Além disso, qualquer coisa que façamos com os combustíveis “em casa” é ilegal (é adulteração), e PERIGOSO. Sem contar os cuidados com descartes das partes que, teoricamente, “não prestam” já que a maioria derrama isso no esgoto, na rua, no quintal...

A melhor estratégia é sempre a de fidelizar o posto de gasolina. Eventualmente você vai ver a fiscalização da bandeira fazendo uma verificação nas bombas e ainda que estejam adulterando alguma coisa, não vão correr o risco de perder um cliente regular abastecendo seu carro com o combustível ruim.

E, sério, não separe álcool de gasolina em casa!

Beijos, Coisos! Até o próximo post!

1

Eventos de Carros Antigos

Posted by Thais Roland on terça-feira, fevereiro 07, 2017 in , , , , , , ,
Quem acompanha o Coisa de Meninos Nada no Facebook ou meu perfil pessoal sempre pergunta sobre os eventos de carros antigos que freqüento, então vou colocar aqui os que gosto mais e acho que vale a pena conhecer e até freqüentar, ok?

Bem, vejamos... vou organizar por freqüência, ok? Então falarei sobre os semanais primeiro.


[UPDATE: Este evento foi cancelado. Uma pena! :( ] Um evento novo e semanal que está rolando é a Terça Antiga. Acontece toda terça à noite, no Ginásio do Ibirapuera e está muito, mas muito legal mesmo! Começou a acontecer este ano e já está arrasando! Carros de excelente qualidade e um pessoal bem bacana pra conversar. É ao ar livre, mas se chover tem onde se abrigar. Também tem o que comer nos Food Trucks e rola música ao vivo. O espaço é fechado e tem que pagar pra entrar, vou descobrir quanto ta custando e aviso pra vocês. Sempre que consigo vou nele. Não tenho ido ultimamente porque estou com curso de Motores às terças e quintas.


Falando em quintas, toda quinta à noite também tem a Quinta Antiga, organizada pelo mesmo pessoal da Terça Antiga, mas já acontece há bem mais tempo. Rola na Av. José Maria Whitaker, 1780. O lugar é aberto e conta com algumas barracas de comida e Food Truck também (o tempurá de camarão das barracas é o máximo!). Neste não tem que pagar nem para entrar nem para levar o carro e também sempre tem gente interessante para papear.


Às terças à noite também tem o Autoshow Collection, no Sambódromo do Anhembi. Acontece há anos e a grande vantagem deles são as noites temáticas. Você olha no calendário anual deles e sabe exatamente o que vai rolar em determinada noite. É muito legal para se programar com as marcas ou clubes que mais se identifica. O lugar também conta com área de vendas de carros e peças e, claro, comida. O valor pra entrar é um pouco salgadinho, mas a infraestrutura do evento justifica. Inclusive, toda noite tem um desfile com os carros tema. É um evento muito bem organizado e vale a pena visitar.


Mensalmente temos o clássico encontro na Estação da Luz, todo primeiro domingo do mês. É um dos eventos mais tradicionais de São Paulo e a galera de venda de peças ta sempre em peso por lá. Ótimo evento para encontrar com os amigos e ver algumas coisas, no mínimo, curiosas. Mas tem que levantar cedo! O evento começa às 7h da manhã e lá pelo meio dia já está acabando. Neste eu bato cartão! Só não vou quando não dá mesmo.


Aí, no segundo domingo do mês é a vez do Veteran Car Club organizar o encontro deles na Cinemateca, antigo Matadouro de São Paulo. Esse também acontece de manhã, mas fica até um pouquinho além do meio dia (não muito). Os carros que estão indo nesse evento são muito interessantes e as pessoas também! Vale a pena chegar cedo e encostar nos grupinhos pra ouvir as histórias. É outro que bato o cartão, e acabo até chegando mais ou menos cedo porque moro pertinho. Hehehe

O Galaxie Clube faz o encontro mensal deles no terceiro domingo do mês, na Caixa D’Água da Vila Mariana. O encontro acontece na rua, alí em frente ao Veloso Bar. Uma pena que o encontro também acontece de manhã e o bar ainda ta fechado, porque a coxinha deles super vale a pena!


Todo ano acontece o evento mais esperado pelos amantes de carros antigos clássicos em Águas de Lindóia. É o Encontro Brasileiro de Autos Antigos e rola sempre em abril, aproveitando o feriado do dia 21. A cidade, que é bem legal, fica entupida de carros antigos para nosso deleite total! Geralmente os carros mais fantásticos ficam perto do lago, dando um ar ainda mais imponente pra eles. Sempre tem uma área de carros modificados, mas o foco do evento é originalidade e tem até premiação para os melhores com uma festa muito bonita e uma oportunidade quase única de ouvir as músicas dos motores de carros das décadas de 10, 20 e 30, por exemplo.

Entre os eventos anuais temos também o Clássicos do Brasil, que acontece na Hípica de Santo Amaro. Até o ano passado o evento acontecia no feriado do aniversário de São Paulo, mas este ano vai rolar de 10 à 12 de março. É bem bacana porque é um dos poucos eventos que dá ênfase aos carros nacionais. Vale a pena visitar!


Ainda mais aguardado, praticamente pelos mesmos motivos, é o evento Bienal de Araxá, MG. Os mineiros têm coisas fantásticas guardadas em suas garagens e nos deixam ver a cada dois anos na cidade de Araxá. Este ano não tem, mas todo mundo já está curioso para saber o que vamos apreciar por lá em 2018. Uma peculiaridade desse evento é o Leilão de carros antigos. É muito legal de acompanhar e, pros afortunados, arrematar alguma preciosidade.

Esse ano, como não acontece o evento de Araxá, o pessoal do Encontro Paulista de Autos Antigos aproveita a data de 15 à 18 de junho para fazer o evento deles na cidade de Vinhedo.

Escolhi estes eventos para mencionar porque são os que eu acho mais bacanas e freqüento sempre que consigo, mas a lista é bem grande! Para ajudá-los, o Clube do Fordinho disponibiliza uma lista com quase todos os eventos que acontecem pelo Brasil no site deles. Ta nesse link aqui.

Espero que tenha sido útil e espero encontrar com vocês em alguns deles, ok?

Super beijo, Coisos! Até o próximo post!

3

Como vai o Damien, Thais? - Assoalhos

Posted by Thais Roland on terça-feira, janeiro 24, 2017 in , , , ,
Não tem vídeo novo, mas não é por isso que não tem novidades, não é mesmo?

Damien está a todo vapor! A Equipe Damião já terminou todos os assoalhos dele e agora vai começar a instalá-los.




Além disso, já instalaram as caixas novas no lugar e deram o primeiro acabamento (o acabamento fino será dado com a porta no lugar, então ainda demora um tantinho).




Lembrando que todas as peças são produzidas pelos alunos do curso de Funilaria para Automóveis Antigos, da Ricardo Oppi Restaurações, artesanalmente, sem o auxílio de nenhuma máquina e fazendo as próprias ferramentas.

Damien manda um grrrr pra todos os fãs dele e pede pra avisar que vai tirar selfie com todos vocês assim que estiver aterrorizando as ruas de novo.


Por enquanto, vocês podem rever os vídeos da evolução desde o início da restauração na nossa Playlist do Youtube e, assim que os assoalhos começarem a ser soldados eu faço mais um vídeo pra vocês!


Beijokas e até o próximo post (que já está em fase de pesquisa e vai ser bem legal).

10

Maverick, Dodge e Opala - Muscle Cars? Sim ou não?

Posted by Thais Roland on sexta-feira, janeiro 06, 2017 in , , , , , , , , , , , ,
Muito bem.. é a segunda vez que escrevo este post. A primeira vez ficou um pouco agressiva demais pro meu estilo e causou comoção. Então agora, tentarei fazer o que tento fazer de melhor: agradar a gregos e troianos. Hehehe


Se formos nos ater ao conceito clássico de Muscle Cars, não, o Brasil nunca teve um muscle car. Mas a gente consegue contar um pouco de história e adequar o conceito à realidade brasileira e chegar a um consenso que agrade todo mundo, principalmente os fãs dos modelos em questão.

Originalmente Muscle Cars são carros americanos, exclusivamente com duas portas, com mais de um carburador (ou, pelo menos, com carburadores maiores que dois venturis) e com motores opcionais (mais potentes), além de um apelo esportivo dado por pinturas, acessórios ou acabamentos especiais. Podiam ter transmissão automática ou manual, mas também eram opcionais e, em geral, tinham motores V8 (quase que exclusivamente, com raras exceções). E, talvez o principal, foram fabricados entre 1955 (talvez o primeiro muscle car possa ser considerado o Chrysler 300 55) e 1972, quando os valores dos seguros para estes carros começou a aumentar demais e medidas mais rígidas antipoluição entraram em vigor e, finalmente, com a crise do petróleo enterrando o conceito de vez, em 73.


Para termos uma idéia mais clara do que eram os muscle cars americanos nada melhor do que citá-los. A lista é longa e deliciosa! Incluindo modelos como o Superbee, o Roadrunner, o Camaro SS 396 e o 427, o fabuloso Camaro Yenko, o Mustang Boss (429 e 351), o Pontiac GTO (maravilindo), o Viper V10 e o Corvette 454.


Percebam que são todos motores grandes. Carros como o Camaro V8, mas com carburador duplo, Cougar, Firebird, Barracuda, Challenger 318, Javelin, ou AMX eram todos considerados Pony Cars, por ainda terem apelo esportivos, mas serem menos potentes e mais acessíveis.


Neste cenário, nossos Mavericks, Opalas e Chargers não têm a menor chance de serem considerados muscle cars. Aliás, americanos consideram motores 6 cilindros tão pequenos que carros equipados com estes são de uso diário.

Contudo, todavia, entretanto........ estamos no Brasil e aqui nossa realidade é, e sempre foi, outra. Sempre tivemos a tendência de seguir as modas americanas (mesmo que as modas européias fossem muito mais legais) e então acabamos importando também o conceito de muscle cars (na medida do possível).

Seguindo a linha de motores opcionais e características esportivas podemos considerar então que os “nossos” muscle cars são: o Dodge Charger RT, o Maverick GT e o Opala SS (talvez o Dart SE também, com um pouco de boa vontade).

Hoje em dia muita coisa mudou. A idéia de muscle cars voltou em carros como o Hellcat, por exemplo e muita gente considera muscle cars projetos independentes (carros modificados pelos próprios donos) e aí tudo virou uma bagunça, cada um pensa e diz o que quiser e o assunto virou polêmico e até delicado.

Pra mim, sinceramente, o mais importante são os carros. Pouco ligo para as definições. Trabalho em uma oficina que só faz carros originais e gosto disso, mas o meu Maverick não ficará original, ficará do jeito que eu quero, porque acho que meu carro tem que refletir a mim e não nenhum conceito. Sou apaixonada por essas banheiras lindas e continuarei apaixonada, mas também sei apreciar (e muito) as belezas da engenharia européia.

Discussões sobre que carro é melhor não me fazem o menor sentido e esta não é, nem de longe, a intenção deste post. Só me encanto pela história e acho sempre interessantíssimo entender por que cada “moda” surgiu, em que situação e o que se passava na cabeça das pessoas na época. Isso me ajuda a entender muito o que temos hoje e é até divertido prever o que vai rolar daqui a um tempo.

Peço desculpas aos leitores que se ofenderam com o último post (ou que possam ainda se ofender com este), agradeço aos que deram opiniões (especialmente ao Rogério Machado, ao Rex Parker e ao Christopher Meggeson, que me deram muitas explicações sobre o assunto) e gostaria muito que continuassem com os comentários, sempre. :)

Beijokitas! E até o próximo!

Copyright © 2009 Coisa de Meninos Nada All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.