Google+
0

Prestando atenção nos amortecedores

Posted by Thais Roland on sexta-feira, abril 13, 2018 in , , ,
Amortecedor é assunto sério. Não é só conforto que depende dele, mas também segurança, já que eles influenciam na estabilidade do carro. O duro é saber quando tá na hora de trocar, já que a gente vai se acostumando com o desgaste e fica difícil perceber quanto eles já estão no fim da vida.

O bom é que vocês têm o CMN que ajuda a ver essas coisas, né? Eu estive na Monroe e o Juliano deixou umas dicas bem bacanas de como a gente pode testar os amortecedores sozinhos pra perceber os sinais de desgaste. Eu falo sobre isso no vídeo dessa semana


mas vocês também podem conferir por aqui.

Marcas nas hastes do amortecedor podem aumentar o desgaste do retentor e causar vazamentos, muita sujeira também pode fazer isso. O amortecedor não pode ter partes amassadas e a gente sempre precisa dar uma olhada no estado do batente (se você ouve barulho na suspensão ele pode ser o culpado).

Buchas de fixação estouradas e desgastes irregulares nos pneus, na parte central, em forma de concha, também têm relação com os amortecedores.

Sentir o carro também é importante. Além de notar barulhos, precisamos prestar atenção ao comportamento dele nas arrancadas e nas frenagens. O carro não pode empinar demais nem mergulhar excessivamente. Amortecedores ruins podem, inclusive, alterar a distância para frenagens e comprometem seriamente a estabilidade do veículo.

Movimentos laterais em curvas e pneus derrapando nessa situação (às vezes o pneus chega a perder contato com o piso e fica com um aspecto escamado, que também pode ser sentido quando passamos a mão por ele) podem ser fortes indícios de desgastes nos amortecedores, assim como oscilação demais quando passamos em lombadas.

Como eu já ensinei a tirar o pneu do carro, corre pra garagem e vai lá fuçar pra ver como estão os amortecedores do seu possante! Depois volta e me conta tudo! Beijokas, Cois@s, e até o próximo post!


0

Cuidados com as palhetas do limpador de para-brisa

Posted by Thais Roland on sexta-feira, abril 06, 2018 in , , , , , , ,

A gente não dá atenção pro limpador de para-brisa até pegar aquela chuva que chega de surpresa e perceber que as palhetas já não estão limpando mais nada, ou então aquela garoinha que emporcalha o vidro todo quando o reservatório de água tá completamente vazio.

O reservatório não tem desculpa! Tem que verificar sempre, junto com aqueles outros itens de garagem que eu não canso de mostrar pra vocês: óleo do motor, líquido de arrefecimento (água do radiador) e fluido de freio.

As palhetas do limpador de para-brisa são feitas de borracha e ressecam pela exposição às variações de temperatura. Por isso elas devem ser trocadas todo ano e alguns cuidados ajudam a prolongar a vida da peça, como colocar pra sempre, junto com a água do reservatório, pra retardar o ressecamento.

E na hora de limpar tem que usar só água e, no máximo, sabão neutro, conforme dicas da Bosch, que também fabrica palhetas de reposição pro mercado automotivo. Eles também dão um toque pra verificar se os braços do limpador estão em ordem e se os furos do esguicho do limpador estão desobstruídos.

Nosso vídeo dessa semana, no Km de Dicas trata desse assunto.


Divirta-se checando e, se necessário, trocando as palhetas do seu carro (inclusive as traseiras, hein) e não esquece de usar os comentários pra conversar comigo. Até mais, Cois@s!

0

Pra onde os ventos te levam num feriado prolongado?

O Cartografia do Asfalto está de volta, com uma aventura de mais de 1000km percorridos à bordo de um Toyota Prius envolvendo o campo e a praia. Na verdade a viagem rolou em Janeiro, mas eu só tive tempo de editar o vídeo agora, então...

De qualquer forma, vai servir pro próximo feriadão ou praquele dia em que você, finalmente, vai conseguir tirar as horas do banco de horas numa sexta-feira. ;)

Saímos de São Paulo bem cedinho e fomos direto para São Luis do Paraitinga, cidade histórica e super simpática.

Há 175km de São Paulo, São Luis do Paraitinga é puro charme desde 1769. Com pouco mais de 10mil habitantes, numa região montanhosa, cresceu às margens do Rio Paraitinga. Tomamos café da manhã numa lanchonetezinha super fofinha, com atendentes simpaticíssimos e ficamos de queixo caído com a vista do Mirante da cidade!






De lá, seguimos para Cunha, onde visitamos a Casa do Artesão e o Contemplário para cheirar flores de Lavanda e sentir até os neurônios relaxando. Cunha fica a 223km de Sampa, mas partindo de São Luis do Paraitinga foram só 82km por uma estrada bem bonita e cheia de vaquinhas curiosas. A cidade é Estância Climática e terra de artesanato. Arte em cerâmica é muito forte na região e é impossível sair de lá sem uma lembrancinha.

 

Depois fomos para Paraty por uma estrada maravilhosa e saudamos nosso querido Oceano.


No dia seguinte passamos por Trindade e rumamos para Ubatuba. No último dia passamos por Caraguatatuba, São Sebastião e voltamos pra São Paulo.

A viagem foi incrível e vocês conferem um tiquinho dela abaixo.



A gente rodou com um carro mais que em ordem, emprestado pela montadora, mas você também pode fazer com tranquilidade desde que mantenha as revisões em dia. Não canso de dizer pra vocês e já fiz vídeo das verificações de garagem, vocês lembram, né? Se não lembram... ele tá aqui


Agora me contem, qual foi a viagem mais legal que vocês fizeram? E que destino sugerem para o nosso próximo Cartografia do Asfalto?

Beijos!!! E até a semana que vem, pessoinhas lindas!

0

Atenção às luzes do seu carro!

Posted by Thais Roland on sexta-feira, março 23, 2018 in , , , , , ,
Mais uma vez, venho com informações importantes de trânsito pra vocês. Dessa vez o Detran me ajudou com orientações sobre as luzes de iluminação e sinalização do carro pra gente não levar multa e nem se envolver num acidente.


Segundo a assessoria do Detran, o uso de luzes em veículo obedecerá às seguintes determinações:

I - o  condutor manterá acesos os faróis do veículo, utilizando luz baixa, durante a noite e durante o dia nos túneis providos de iluminação pública e nas rodovias; (Redação do inciso I dada pela Lei n. 13.290/16).

II - nas vias não iluminadas o condutor deve usar luz alta, exceto ao cruzar com outro veículo ou ao segui-lo;

III - a troca de luz baixa e alta, de forma intermitente e por curto período de tempo, com o objetivo de advertir outros motoristas, só poderá ser utilizada para indicar a intenção de ultrapassar o veículo que segue à frente ou para indicar a existência de risco à segurança para os veículos que circulam no sentido contrário;

IV - o condutor manterá acesas pelo menos as luzes de posição do veículo quando sob chuva forte, neblina ou cerração;

V - O condutor utilizará o pisca-alerta nas seguintes situações:
a) em imobilizações ou situações de emergência;
b) quando a regulamentação da via assim o determinar;

VI - durante a noite, em circulação, o condutor manterá acesa a luz de placa;

VII - o condutor manterá acesas, à noite, as luzes de posição quando o veículo estiver parado para fins de embarque ou desembarque de passageiros e carga ou descarga de mercadorias.

É importante lembrar também que as cores das lentes são regulamentadas e sair do padrão resulta em multas do mesmo jeito. Faróis principais dianteiros e luzes de posição (lanternas) dianteiras podem ser brancas ou amarelas; lanternas traseiras e luzes de freio precisam ser vermelhas; as luzes dos piscas podem ser âmbar ou vermelhas na traseira, mas na dianteira têm que ser âmbar; e as luzes de ré e placa precisam ser brancas.

O Detran também alerta que qualquer lâmpada queimada deve ser substituída na hora! Não pode trafegar com ela queimada. Na impossibilidade da troca no local o carro tem que ir de guincho até um posto de serviço.


Já se deu mal por causa de alguma lampadinha sem vergonha? Conta pra mim aqui nos comentários e não esquece de compartilhar a dica com a galera! A gente se vê no próximo post, Cois@s!

0

Recursos do Painel de Instrumentos

Posted by Thais Roland on sexta-feira, março 16, 2018 in , , , ,
Não é só velocidade e combustível que a gente vê no painel do carro. Os computadores de bordo estão, cada vez mais, auxiliando os motoristas na condução e nos lembretes de manutenção do automóvel.


Mesmo os carros populares já ajudam bastante e em grande parte deles já é possível configurar alertas para próxima troca de óleo, filtros e revisões. O lance é que como fazer isso é diferente em cada carro e tá justamente aí a importância de ler o manual do proprietário. Quando eu insisto nisso não é pegação no pé, é importante mesmo pra gente poder aproveitar todos os recursos que a eletrônica embarcada no carro tem pra oferecer, afinal de contas a gente não paga nada barato por isso.

O lugar do manual do proprietário é junto com o carro. Não adianta nada o manual estar guardadinho na sua gaveta do escritório quando você está na rua, precisando da informação que consta nele.

O computador de bordo fica mais interativo a cada modelo e vem para facilitar a nossa vida, desde que esteja devidamente configurado. Além de nos manter informados sobre estatísticas de consumo e desempenho, também pode nos fornecer alertas importantes, como os de limite de velocidade e períodos de revisão. Alguns modelos auxiliam até na mudança de marcha para aumentar a eficiência do consumo de combustível e da emissão de poluentes, apesar de eu me irritar com o carro dando pitaco na forma como eu dirijo. hahaha

No vídeo dessa semana eu mostro como acessar o menu de configuração dos alertas de troca de óleo, filtros e revisão de um modelo popular. Reforçando que isso pode ser muito diferente dependendo do modelo do seu carro, é só um exemplo do que podemos fazer com o recurso. Se tiver dúvidas consulte sempre o manual... ou a Thais. :) mas não precisa entrar em desespero, porque é bem mais fácil do que ajustar o horário no video cassete ou no forno de micro ondas.


Só não vai se distrair com os encantos do painel enquanto está dirigindo, hein! Deixa seu comentário aí embaixo e até o próximo post!

0

Peças de Reposição no Mercado Automotivo

Posted by Thais Roland on sexta-feira, março 09, 2018 in , , , , , ,
Quem tem carro sabe quanto dói o bolso cada vez que temos que trocar alguma coisa no possante, mas não precisa ser sempre assim. Primeiro que cuidar antes de quebrar já economiza uma grana, não é a toa que vivo falando pra vocês de manutenção preventiva por aqui, segundo que, mesmo que a peça tenha quebrado, temos muitas opções pra adquirir uma nova ou usada.


Desmanches sempre foram a opção para aquisição de peças usadas e sempre foram assustadores. Ir ao desmanche e concordar com o proprietário em aguardar "uns dias" pra conseguir a peça é praticamente a mesma coisa que pegar uma arma e ir lá roubar o que você precisa pessoalmente.

Desde 2014 a atividade de desmontagem de veículos automotores terrestres é regulamentada pela Lei nº 12.977. Ou seja, os desmanches têm que ter documentos agora. Precisam ter nota fiscal e atestar a procedência da peça que estão vendendo pra gente. Isso já foi um mega avanço pra combater o crime, mas e o meio ambiente?

Desmontar um carro joga um montãozão de lixo no meio ambiente se não for feito da maneira correta. Agora é que começou a surgir empresas especializadas na desmontagem de veículos e que estão comprometidas com o descarte ambientalmente correto dos resíduos dessa atividade.

Além de ser Pró-Planeta, comprar uma peça usada de empresas com esse perfil é economicamente muito interessante, tendo em vista que são muito mais baratas do que as peças encontradas no mercado de reposição, ainda que a gente cote as de segunda linha. Não tem nada melhor que colocar uma peça original no seu carro que, mesmo sendo usada, tem procedência e garantia, e ainda por cima é mais em conta.

Eu visitei a Renova Ecopeças, empresa do Grupo Porto Seguro, que faz esse processo e tá aqui um videozinho de como tudo funciona pra vocês terem uma ideia.


Eu achei super legal! E vocês? Conversa comigo pelos comentários e não esquece de compartilhar a info com a galera toda! Até o próximo post, Coisos!

0

Dia Internacional da Mulher

Posted by Thais Roland on quinta-feira, março 08, 2018 in , , , , ,
O dia 8 de Março é marcante e nos faz lembrar de milhares de coisas, surgem inúmeras discussões a respeito da Mulher, de seus direitos, da História, a gente ganha presentes, flores, beijos, abraços, parabéns... Mas pra mim, Thais Roland, esse dia nunca foi tão mágico quanto hoje!

Ganhei um super presente pela manhã e compartilhei nas minhas redes sociais: foi o anúncio oficial de que agora sou colunista da Revista Auto Esporte e meu conteúdo começa a pintar por lá na próxima quarta-feira. Pra fazer o anúncio eles aproveitaram o Dia Internacional da Mulher e fizeram um perfil maravilhoso dessa pessoinha que voz fala escreve que vocês podem conferir nesse link AQUI.

Foto: Franco Amendola
Mas por que eu demorei o dia todo pra colocar um post no CMN falando sobre isso? Porque eu estava esperando o presente de vocês! :) Por causa da data especial Shell Helix me procurou pra fazer um vídeo com dicas espertas pra mulherada e o resultado ficou lindo! Então eu esperei receber o arquivo pra compartilhar nas redes sociais e........ colocar aqui, claro! :D

Você confere o vídeo aqui e é o presente de Shell Helix e meu para as nossas seguidoras mais especiais do mundo!!!!!



E quanto aos meninos... não precisam ficar chateados. Eu produzo material pra todo mundo aqui, independente de qualquer característica, mas como as garotas estão ganhando conteúdo especial no nosso dia, vou fazer um especial pra meninos também. Só preciso ter uma ideia legal. Ideia que, se vocês tiverem, podem sugerir, viu! :D Sempre! Afinal de contas, eu não canso de lembrar que os comentários são pra vocês conversarem comigo!

Milhares de beijos e até amanhã, Cois@s!

Copyright © 2009 Coisa de Meninos Nada All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.